Publicado em 29.06.2018 - Notícias - Sem comentários

Com a intenção de despertar o gosto pela leitura em um segundo idioma, neste ano o Colégio Exponencial reforçou o Projeto de Leitura, que está na 17ª edição, ao  implantar a Leitura em Língua Inglesa,  do quarto ao nono ano. A iniciativa é da professora de inglês, Carolina Endres, que já está muito satisfeita com os resultados.

O objetivo do Projeto de Leitura em Língua Inglesa é preparar e instigar o aluno . “Ampliando o vocabulário os alunos terão mais facilidade na linguagem oral e na produção escrita”, explica a professora.

Metodologia

Para cada turma foram selecionadas duas obras para leitura em inglês, de acordo com faixa etária e nível de conhecimento no idioma, também é estimulada a leitura livre. “Trabalhamos em sala de aula e em casa. Os alunos leem, interpretam, buscam palavras novas e contam a história lida”, explica Carolina.

Na avaliação da professora, os resultados obtidos têm atingido as expectativas em todos os níveis. “É muito recompensador ver que no quarto e quinto ano os alunos já estão se dedicando muito a ler. É um desafio que queriam enfrentar ao desvendar cada página e significado, ficaram muito interessados e motivados em ler e descobrir os significados das novas palavras, com ampliação do vocabulário”, destaca.

No quinto ano os estudantes criaram o próprio livro. “Sempre foi um sonho meu trabalhar com um projeto de leitura e despertar este interesse nos alunos. O Exponencial me incentivou e foi parceiro com a compra de livros para biblioteca”, afirma.

Avaliação

Os alunos estão motivados com o projeto de leitura em inglês. A estudante do quinto ano, Fernanda Beltrame Fachi está aprovando as atividades, “eu aprendi várias palavras novas, gostei muito de ler o livro coletivamente”, afirma. A aluna Aide Hoffman Sonego diz que está gostando do projeto, “é um jeito diferente e divertido de aprender, quero que a escola continue comprando estes livros para os alunos lerem e aprenderem assim”, destaca.

O estudante do nono ano, Marcio Petkow, avalia que o projeto está sendo um incentivo a leitura em inglês, “revisamos os conteúdos já lidos anteriormente e melhoramos nossa compreensão da história e da língua”, enfatiza.